http://www.aros.orgAROS-ExecAROS-Exec ArchivesPower2People
kitty mascottop logo menu

Compilando o AROS

Requirementos

Os seguintes programas são requeridos para compilar AROS:

  • GCC 3.2.2+
  • GNU Binutils
  • GNU Make
  • GNU AWK (GAWK) - outro awks pode também ser apropriado
  • Python 2.2.1+
  • Bison
  • Flex
  • pngtopnm and ppmtoilbm (parte do pacote netpbm)
  • Autoconf
  • Automake
  • Utilitários comuns como cp, mv, sort, uniq, head, ...

Se quiser compilar o portos hospedados de i386-linux ou i386-freebsd, o que se segue é também requerido:

  • Cabeçalhos e livrarias de desenvolvimentos X11

Fontes

Pode descarregar as fontes AROS quer pelo portal de descarga ou pelo uso do serviço de Subversão (SVN) (Que requer que aplique para aceder ). No caso formado, obter o pacote fonte é suficiente (a não ser que queria compilar os programas comtribuídos). Em último caso, veja a documentação Subversão.

Construíndo

Configurando

Primeiro que tudo, terá que correr configure na raiz das fontes AROS:

> cd AROS
> ./configure

Poderá especificar várias opções para configurar. As opções seguintes são disponíveis para todos os alvos:

--enable-debug=LIST [default: none]

Habilita diferentes tipos de correcção de erros (debug). plicas ou espaços em branco podem ser usados para separar os itens na lista. Se não for fornecida uma lista então all é assumido. Se --enable-debug não está especificado de todo, none é o pré definido. Tipos disponíveis:

none
Desabilita todos os tipos de correcção de erros, e correcções em geral.
all
Habilita todos os tipos em baixo.
stack
Habilita a correcção de erros na pilha (stack).
mungwall
Habilita a correcção de erros mungwall.
modules
Habilita a correcção de erros nos módulos.

AROS/i386-linux ou AROS/i386-freebsd hospedados

Não tem que especificar a opção --target para contruir esses alvos. As opções seguintes estão disponíveis para construções hospedadas:

--with-resolution=WIDTHxHEIGHTxDEPTH [default: 800x600x8]
Arma a resolução e profundidade predefinida que o AROS irá usar.
--enable-xshm-extension [default: enabled]
Habilita o uso da extensão MIT-SHM do X11. Habilitando-a dará um ganho significante de performance, mas poderá não funcionar muito bem se estiver a usar ecrã remoto.

Não poderá compilar cruzamentos destes portos.

Nativo AROS/i386-pc

Para construir o porto i386-pc, irá necessitar de passar --target=pc-i386 para configure. Adicionalmente, as opções especificas seguintes para i386-pc estão disponíveis:

--with-serial-debug=N [default: disabled]
Habilita a correcção de erros da porta série, enviando a saida para a porta N.

Não poderá compilar cruzamentos destes portos.

Compilando

Para começar a compilação, simplesmente corra:

> make

Se isto não trabalhar depois de uma actualização de Subversão, poderá tentar:

> make clean
> rm -rf bin/
> ./configure {options}
> make

Se usa FreeBSD ou algum outro sistema que não usa GNU Make como o compilador do sistema, então deverá substituir o comando GNU Make para o em baixo. Por exemplo, sobe FreeBSD terá que instalar o porto GNU Make, então correr:

> gmake

AROS/i386-linux ou AROS/i386-freebsd hospedado

Se está a construir uma construção i386-linux ou i386-freebsd hospedados, deverá adicionalmente também correr o seguinte para correctamente configurar o apoio ao teclado:

> make default-x11keymaptable

Nativo AROS/i386-pc

Se está a construir o porto nativo i386-pc, irá encontrar uma imagem de arranque para disquete em bin/pc-i386/gen/rom/boot/aros.bin depois da compilação ter terminado. Adicionalmente, poderá criar uma imagem ISO de arranque correndo:

> make bootiso-pc-i386

A imagem ISO pode ser encontrada em distfiles/aros-pc-i386.iso.

Apendice

Construindo vários alvos a partir da mesma fonte

Se pretende compilar vários alvos diferentes de uma árvore de fontes, então primeiro tem de ir pelos passos de configuração de cada alvo. Poderá adicionar alvos a qualquer hora que queira. O último alvo especificado para configurar é o alvo predefinido.

Para seleccionar um alvo especifico quando construíndo, simplesmente corra make assim:

> AROS_TARGET_ARCH=$ARCH AROS_TARGET_CPU=$CPU make

Onde $ARCH é a arquitectura da construção pretendida, e $CPU é o processado. Ex., para construir AROS/i386-pc correria:

> AROS_TARGET_ARCH=pc AROS_TARGET_CPU=i386 make

Se está a construir vários portos que usem o mesmo processador, só terá que especificar AROS_TARGET_ARCH que o processadoras permanecerá o mesmo.

Compilando 'Como fazer...' (HowTo`s)

Este guia passo a passo irá descrever como preparar o ambiente de desenvolvimento e compilar AROS em Ubuntu Linux 6.10 "Edgy Eft". Vamos assumir que tem uma imagem (ISO) para cd de portais Ubuntu e tem o sistema instalado daí. Também deverá afina-lo para torna-lo capaz de aceder à Internet.

Obtendo os pacotes necessários

Porque o Live CD falha pacotes precisos teremos que obte-los a partir da internet:

> sudo apt-get install subversion gcc-3.4 gawk bison flex netpbm autoconf automake1.4 libx11-dev

Terá que introduzir a sua palavra passe na prompt.

Marcando a localidade para ISO8859

Iremos necessitar de marcar a localidade para usar as fontes AROS e compila-las. Encontre a cadeia de caracteres en_US iso 8859-1 na lista fornecida pela seguinte aplicação e escolha-a):

> sudo apt-get install localeconf
> sudo dpkg-reconfigure localeconf

Então nós iremos marcar a localidade da consola:

> sudo locale-gen "en_US"
> sudo dpkg-reconfigure locales
> export LANG="en_US.ISO-8859-1"

Instalando make v. 3.80

Para instalar a versão do make iremos necessitar, do repositório adicional Ubuntu que terá que ser adicionada. Lance a consola e corra:

> sudo nano /etc/apt/sources.list

Adicione essas duas linhas também:

deb http://us.archive.ubuntu.com/ubuntu breezy main restricted
deb http://us.archive.ubuntu.com/ubuntu dapper main restricted
(Guardar e sair nano via "ctrl-x")

Agora obtenha a lista dos programas actualizados disponiveis:

> sudo apt-get update

Agora iremos usar o gestor de pacotes Synaptic. Lance-o no menu:

System > Administration > Synaptic package manager

Depois disso procure pelo pacote "make", escolha "make" na janela do lado direito e marque a versão por ''package>force version..'' "3.80 (breezy)".

Obtenha as fontes

Para descobrir mais instruções sobre como usar o nosso Repositório de Subversão Por favor refirasse a Working with Subversion

Em relato, o comando que terá que usar é como o seguinte:

> svn checkout https://svn.aros.org/svn/aros/trunk/AROS
> cd AROS
> svn checkout https://svn.aros.org/svn/aros/trunk/contrib

Configurar e compilar as fontes AROS

Primeiro iremos marcar parametros e configure:

> export CC="gcc-3.4"
> ./configure

Poderá necessitar de reabrir a consola quando ./configure encontra problemas com o compilador C.

Finalmente, tipos:

> make

Isto deverá demorar um bocado (algumas horas) :) Depois disso irá obter AROS-hosted compilado.


Direitos de Cópia © 1995-2017, A Equipa de Desenvolvimento AROS. Todos Os Direitos Reservados.
Amiga®, AmigaOS®, Workbench e Intuition são marcas registadas de Amiga Inc. Todas as outras marcas comerciais pertencem aos seus respectivos proprietários.